Atendimento Nacional (11) 3133.5766

Luvas de malha de aço vs luvas com proteção contra corte: qual a diferença?

Não há sombra de dúvida que um dos membros mais expostos ao risco no ambiente de trabalho são as mãos, afinal, elas estão envolvidas em praticamente todas as atividades que os trabalhadores desempenham.

Por isso, neste texto, trataremos sobre dois Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que, muitas vezes, tem o uso confundido: a luva de malha de aço e a luva de proteção contra corte.

Curioso para saber a diferença entre o grau de proteção e o uso desses EPIs? Continue a leitura e descubra!

DIFERENÇAS ENTRE LUVAS DE MALHA DE AÇO E LUVAS DE PROTEÇÃO AO CORTE COM FIO DE AÇO

Neste primeiro momento, acabaremos com a sua curiosidade a respeito das diferenças mais gritantes entre estes dois EPIs.

Mas, antes disso, é importante deixar claro que ambas – luvas de malha de aço e de outros materiais – têm algo em comum, proteger as mãos do trabalhador contra riscos mecânicos.

Contudo, devido a algumas características intrínsecas de cada um desses produtos, o seu uso e nível de proteção variam bastante.

Agora, vamos especificar cada tipo de luva com resistência ao corte.

O USO DA LUVA DE MALHA DE AÇO

A luva de malha de aço é o produto com aparência mais grosseira dentre os EPIs que discutiremos neste texto.

Ela é completamente feita em malha de aço e é especialmente indicada para uso em cozinha industrial e indústria alimentícia, mais especificamente, no manuseio de facas.

Apesar de eficiente para evitar acidentes como cortes provocados por falta de atenção, ela não deve ser utilizada ao manusear equipamentos como serras, sejam elas lisas ou dentadas.

Isto porque, o grau de proteção desta luva não é alto e, por ser produzida pela junção de milhares de elos de aço inox, o EPI pode se prender mais facilmente a engrenagens e serras.

Vale ressaltar que qualquer possibilidade de acidente com eletricidade automaticamente transforma o uso desta luva em uma fonte de risco para o trabalhador.

Onde utilizar a luva de malha de aço

Apesar de ser, normalmente, indicada para o ambiente alimentício, essas luvas também podem ser utilizadas em diversos outros segmentos:

Dicas para utilizar e armazenar a luva de malha de aço

Para utilizar esta luva, basta vesti-la como uma luva convencional, garantindo que o encaixe da mão seja adequado, a fim de não limitar a mobilidade ou deixar que a luva saia com facilidade.

Para a higienização, não são indicadas temperaturas maiores de 85 °C ou projetar as luvas contra superfícies, já que isso pode danificar os elos e diminuir a vida útil do EPI.

A melhor forma para lavar é utilizar jato de água e escovação forte. Também é possível utilizar desinfetantes não ácidos autorizados pelas regras da indústria.

O USO DAS DEMAIS LUVAS COM PROTEÇÃO CONTRA CORTE

As luvas com proteção contra corte que não são feitas de malha de aço inoxidável, podem ser fabricadas utilizando os mais diversos materiais.

Desta forma, é muito importante entender a fundo o risco presente no ambiente de trabalho a fim de encontrar o EPI que melhor protege o trabalhador no caso de acidentes.

Veja a seguir quais são os principais tipos de luvas de proteção contra corte:

Luvas de grafeno e fios de aço

As luvas de grafeno e fios de aço podem ser confeccionadas de uma infinidade de formas e são especialmente indicadas para quando há risco combinado ou necessidades específicas.

Por exemplo, essas luvas, além de proteger contra possíveis cortes, podem ser banhadas em materiais isolantes, permitindo proteção contra alta temperatura e até mesmo fornecendo tração, evitando que equipamentos caiam ao serem manuseados.

Luvas de fios sintéticos

Esses tipos de luvas oferecem ótima resistência contra abrasão e rasgamento e são ideais para tarefas onde a destreza do trabalhador é imprescindível para o desempenho do trabalho.

Assim como no exemplo anterior, luvas de proteção contra corte podem ser banhadas em materiais poliméricos para maior aderência.

Luvas de polietileno de alta densidade (PEAD) e fio de aço

Essas luvas são especialmente indicadas para o uso na indústria alimentícia uma vez que podem ser combinadas com outros tipos de luvas impermeáveis.

Proporciona excelente tato e destreza, ideais para manipular lâminas cortantes em frigoríficos e abatedouros, por exemplo.

Luvas de Kevlar®

As luvas em Kevlar são amplamente conhecidas por serem muito utilizadas na proteção contra cortes. Isto se dá porque este EPI pode ser implementado na indústria em geral, sendo mais bem aceito pelo mercado.

Ela é especialmente indicada para o manuseio de vidros, contudo, não se limita a esta aplicação. Suas variantes podem atuar em linhas de montagem, mercado automotivo, manuseio de peças oleadas e muito mais!

QUAL É A MELHOR LUVA DE PROTEÇÃO CONTRA CORTE?

Este momento pode até ser um tanto quanto decepcionante para você, nosso leitor, pois a resposta é: depende, cada ambiente de trabalho tem características únicas.

Inclusive as indústrias do mesmo ramo podem oferecer riscos diferentes para uma área similar.

Por exemplo, uma linha de tratamento de peixes em uma empresa pode adotar a luva de malha de aço uma vez que o trabalho é de forma totalmente manual. Em outra empresa, por usarem uma máquina automática para retirar a pele do peixe, esta luva representa um perigo.

Sendo assim, tudo irá depender do ambiente de trabalho criado por cada empresa. E também existem questões como orçamento, funcionalidades específicas e riscos associados que são fatores de influência.

Não deixe de entrar em contato com uma empresa especialista no assunto para te ajudar a escolher as luvas de proteção contra corte mais adequadas para a sua empresa!

Continue acompanhando o nosso blog e esteja sempre informado sobre EPIs e outras questões de segurança do trabalho.

Luvas de malha de aço vs luvas com proteção contra corte: qual a diferença?