Atendimento Nacional (11) 3133.5766

SEGURANÇA DO TRABALHO: 7 DICAS PARA SER UM PROFISSIONAL COMPLETO NA ÁREA

O Técnico em Segurança do Trabalho é um dos profissionais mais importantes quando o assunto é manter o ambiente de trabalho seguro. Ele trabalha com outros profissionais, formando uma equipe multidisciplinar que desempenha uma infinidade de tarefas dentro da empresa.

As empresas têm a obrigação de proporcionar um ambiente seguro para os seus colaboradores, contudo, o mercado brasileiro ainda não é uma referência neste assunto, sendo um dos primeiros colocados no ranking de acidentes no mundo e um dos que mais gasta com multas indenizatórias de acidentes de trabalho.

Nesse sentido, a necessidade de melhoria se torna nítida, trazendo muitas oportunidades no mercado para que os profissionais de Segurança do Trabalho possam ser inseridos e fazer a diferença. E para te ajudar nessa aventura, separamos 7 dicas para ser um profissional completo na área.

 

1# ESTAR ENGAJADO COM A EMPRESA

Existe uma série de normas regulamentadoras (NRs) no Brasil, além de legislações especificas para cada setor de atividade, e uma de nossas funções, é adequar e garantir que nossas empresas cumpram os requisitos de cada uma delas. que pode ser o já extinto Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT), dentre outras.

Estar atento a toda essa legislação e não estar verdadeiramente engajado com a empresa não adianta de nada. Sendo essa a primeira dica para ser um bom profissional na área de Segurança do Trabalho.

Esse engajamento pode ser interpretado tanto como a participação ativa nas ações da empresa (sejam elas ligadas à sua ocupação ou não) como também entender e defender os princípios dela. Trazer a luz todas estas necessidades e demonstrar como impactam a vida dos colaboradores e da empresas como um todo.

Ou seja, além do conhecimento técnico deve haver motivação. Isso também ressalta a importância de trabalhar com uma empresa na qual o profissional realmente se identifica e acredita nas convicções.

 

2# SENSO DE URGÊNCIA

Seja na hora de tomar uma atitude para prevenir um acidente que estava prestes a acontecer ou mesmo através preciosismo nas tarefas, o senso de urgência é uma das maiores virtudes de um profissional que atua na área de Segurança.

Em poucas palavras, uma pessoa que tem um bom senso de urgência está sempre inquieta e procura melhorar tanto em suas atitudes quanto o próprio ambiente de trabalho quando lhe cabe.

E se engana quem pensa que essa característica existe somente no ambiente de trabalho, ela é observável em indivíduos proativos, por exemplo.

A palavra urgência leva quem não está familiarizado com o mundo da Segurança do Trabalho a conotação errada. Nunca pense que um indivíduo que tem um senso de urgência apurado irá fazer as coisas de qualquer maneira, muito pelo contrário!

 

3# SENSO CRÍTICO É SEMPRE IMPORTANTE

Como dissemos acima, não adianta nada ter boa vontade para trabalhar se falta senso crítico ao profissional. Sendo assim, esse é um dos pontos que qualquer um deve desenvolver, especialmente aqueles que lidam com segurança, afinal, vários outros colaboradores sofrerão as consequências das decisões tomadas por eles.

O senso crítico nasce do ato de questionar, sendo um dos grandes “ativos” dos profissionais que realmente tem o potencial de causar mudanças significativas no ambiente de trabalho das empresas, trazendo melhorias.

Sendo assim, um bom Técnico em Segurança do Trabalho não toma atitudes levianas e está sempre atento aos colaboradores e a legislação vigente. A associação entre senso crítico e de urgência faz do profissional uma máquina produtiva e motivada que certamente irá mostrar para o que veio.

 

4# CRIAR E MANTER BOAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS

Uma das características de todas as empresas de sucesso pode ser determinada pelas equipes que estabelecem boa comunicação entre si e, também, entre os integrantes. Sendo assim, para ser capaz de realizar um bom serviço, o indivíduo também deve ser capaz de criar e manter boas relações interpessoais.

Não somente, quando se trata de construções, por exemplo, elas exigem o trabalho em equipe. Nesses casos, o trabalho sozinho não é uma opção.

E para contribuir para a segurança de todo o local de trabalho, é importante sentir-se amparado para confiar e contar com a competência dos colegas. Criando não somente um ambiente de trabalho mais profissional, como também mais seguro!

Para qualquer profissional, sentir-se parte de uma equipe funcional é algo motivador e fundamental para a segurança coletiva.

 

5# METODISMO TEM O SEU VALOR

Muito se fala sobre as pessoas que quebram as regras e estão constantemente criando algo novo, contudo, para atividades onde a segurança é a prioridade, o metodismo tem o seu (importante) lugar.

Trabalhos em construções, como no exemplo acima, contam com o metodismo do profissional que o está executando. Isso se dá porque os processos são pensados com a segurança do mesmo em questão.

Para não sofrer uma queda de altura, é importante contar com uma rigorosa rotina de uso de dispositivos de ancoragem e linha de vida. Isso inclui metodologias para manusear, realizar a manutenção e até mesmo o armazenamento dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), por exemplo.

Está claro porque o metodismo é algo importante? É preciso que todos os profissionais saibam seguir instruções à risca para garantir a segurança pessoal e coletiva.

 

6# MANTER-SE SEMPRE ATUALIZADO

Um profissional que trabalha com a gestão de segurança do trabalho deve estar sempre atualizado quanto a mudança de legislação. Claro que o foco deve estar em sua área de atuação, contudo, ter sempre um panorama geral do que está acontecendo é importante também.

Ao inscrever-se em newsletters ou assinar notificações de blog, certamente, já dará um grande passo nessa direção. Como mencionado acima, existem inúmeras normas relacionadas à segurança e estar a par de tudo o que está acontecendo faz toda a diferença na vida profissional e nas atitudes do indivíduo.

Além disso, contar com literatura atualizada em reuniões é uma ótima forma de garantir que, mesmo que você não tenha memorizado o conteúdo das famosas Normas Regulamentadoras (NRs), é possível consultar e trazer informações realmente confiáveis.

 

7# DEDICAÇÃO AO SEU TRABALHO

Dedicação ao trabalho envolve todos os pontos mencionados acima. Implica dizer que o profissional gosta da sua ocupação e quer aperfeiçoar-se nesta direção, seja para seguir a carreira ou mesmo porque deseja entregar um trabalho bem-feito.

Somente trabalhadores dedicados conseguem manter-se atualizados enquanto têm uma postura verdadeiramente profissional e um trabalho impecável no que diz respeito a proatividade e senso crítico.

 

SEGURANÇA DO TRABALHO: 7 DICAS PARA SER UM PROFISSIONAL COMPLETO NA ÁREA