Atendimento Nacional (11) 3133.5766

Falso positivo, falso negativo, o que significa?

O resultado sorológico de um exame não se apresenta apenas como positivo ou negativo, existem também os resultados falso positivo e falso negativo. Mas por que isso acontece? E o que significam essas siglas IgM, IgG no meu exame? Este post tem como objetivo esclarecer essas questões.

O QUE SIGNIFICA IgM, IgG?

IgM e IgG são anticorpos produzidos por nosso corpo no combate a um vírus específico. A sigla “ig” se refere a imunoglobulina, que nada mais é do que uma proteína criada pelo nosso sistema imunológico para combater um vírus.

PRINCIPAIS MOTIVOS PARA RESULTADOS FALSO POSITIVO E FALSO NEGATIVO

  • Período inadequado para realização do teste

Realizar o teste sorológico nos primeiros dias de sintomas pode induzir um erro no resultado do exame. Isso porque os anticorpos não podem ser identificados nos primeiros dias de contaminação.

É recomendado que seja feito o teste de tipo molecular (RT-PCR ou RT-LAMP) nos primeiros 7 dias após a manifestação dos sintomas, porque este tem maior chance de detectar o vírus mesmo na fase de encubação (período em que não há manifestação dos sintomas), e que o teste de tipo sorológico seja feito após 14 dias de sintomas da COVID-19.

Clique aqui para saber mais sobre os tipos de testes existentes no Brasil

  • Teste de menor especificidade

Os testes sorológicos – testes rápidos – possuem menor chance de detecção do vírus se comparados aos testes PCR e LAMP, por isso optar por eles pode favorecer o resultado falso negativo, não detectando a presença do vírus por conta do nível insuficiente de anticorpos para serem detectados pelo exame.

O QUE SIGNIFICA TER UM RESULTADO FALSO NEGATIVO?

Significa que você já teve contato com o vírus, mas na realização do teste não foi identificado os anticorpos.

O QUE SIGNIFICA TER UM RESULTADO FALSO POSITIVO?

Os anticorpos IgM e IgG são identificados a partir do 14º dia de sintoma da COVID-19, após esse período, o IgM permanece no corpo humano até 3 meses. Já a IgG permanece no corpo humano até 8 meses após a infecção pelo Sars-CoV-2.

Isso quer dizer que um exame que identifique apenas o resultado IgM tem menor especificidade, então o paciente possivelmente já tenha tido contato com o vírus em algum momento dentro do período de 3 meses, mas não está mais portando o vírus, o que configura como falso positivo.

Vale deixar claro que o teste sorológico tem validade e é muito importante no monitoramento da população no objetivo de combater a pandemia causada pelo coronavírus. Basta o paciente se atentar ao momento mais adequado para a realização deste afim de obter a melhor eficácia na constatação da COVID-19.

Este post não substitui o parecer profissional da área da saúde, por isso, se estiver apresentando sintomas do coronavírus procure um médico. Para saber qual a unidade hospitalar da sua região ligue para o Disque Saúde pelo número 136.

Siga as orientações dos profissionais de saúde e mantenha-se informado. Cuide de você e dos seus. Juntos somos mais fortes na superação da pandemia da COVID-19.

Fontes: Fiocruz e Dasa

Falso positivo, falso negativo, o que significa?