Atendimento Nacional (11) 3133.5766
Eletricista usando luva branca e arrumando placa

EPIs para o segmento eletroeletrônico: veja como proteger sua equipe

Os EPIs  para o segmento eletroeletrônico são materiais indispensáveis para manter a segurança dos trabalhadores, porém nesse setor em específico, existe outra preocupação que se deve considerar na hora da definição do EPI, a proteção ao produto

Por isso, foram desenvolvidos diferentes tipos de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para serem fornecidos por empregadores de modo a proteger os funcionários de riscos à saúde ocupacional, além de assegurar as exigências de qualidade e peculiaridades de cada linha de produção.

Esses equipamentos foram projetados conforme as atividades desenvolvidas na manutenção preventiva e corretiva, instalação ou montagem de equipamentos (elétricos, eletrônicos e automação) para evitar múltiplos perigos intrínsecos ao trabalho.

A melhor maneira de manter as pessoas protegidas contra riscos inerentes ao setor de eletroeletrônicos no local de trabalho é incentivar o uso de EPIs, com objetivo de mantê-los seguros em caso de acidente.

Neste artigo falaremos sobre como proteger sua equipe com os EPIs para o segmento eletroeletrônico. Aproveite a leitura!

Principais riscos no segmento eletroeletrônico

Temos diversos riscos, desde cortes, eletricidade, químicos ou estática. E, eles aparecem frequentemente de forma insidiosa. Contudo, a falta do uso de EPIs para o segmento eletroeletrônico pode causar acidentes com consequências desastrosas.

Assim, os funcionários podem sofrer ferimentos graves, queimaduras e, em casos mais graves, morrer. Entre as principais causas de imprevistos podemos citar:

  • cortes em peças e chapas cortantes;
  • ausência de equipotencialidade entre materiais;
  • improviso de ferramentas ou ferramentas defeituosas;
  • quedas e choques provocados por descargas elétricas;
  • pouca iluminação durante reparos nos sistemas automatizados;
  • riscos ergonômicos, como a postura inadequada, esforços repetitivos e tensão na musculatura cervical;
  • acidentes durante a implantação de sistemas de produção automatizados ou ajustes em circuitos e componentes.

EPIs para o segmento eletroeletrônico

Para proteger os trabalhadores é importante investir em EPIs no segmento eletroeletrônico, proporcionando segurança no ambiente de trabalho.

Confira, a seguir, quais são os equipamentos de proteção mais comuns nesse setor elétrico.

1. Luvas de proteção ao produto

Quem trabalha no segmento eletroeletrônico deve utilizar dois tipos de luvas em conjunto para se proteger. Você pode encontrar algumas opções no site da Danny EPI.

Lembre-se que é necessário pensar na proteção e contaminação dos produtos manuseados. Para isso, pode ser necessário utilizar luvas com proteção estática ou isenção de silicone, evitando queimar uma placa eletrônica ou manchar uma peça.

2. Capacete de segurança

Esse equipamento é usado para proteger a cabeça do trabalhador. Vale ressaltar a importância de observar se está em condições de uso e efetuar sua substituição quando necessário.

3. Botina

Antes de investir nesse EPI, é fundamental verificar se não há materiais metálicos para evitar acidentes com descargas elétricas. Por isso, deve ser um equipamento dielétrico, capaz de isolar a eletricidade ou estaticidade. 

Afinal, como garantir o uso efetivo do EPI?

Após a distribuição dos EPIs para o segmento eletroeletrônico, o responsável pela segurança deve verificar se os acessórios estão sendo usados pelos funcionários. 

Especialmente quando se trata de ambientes industriais, o uso correto de EPI é fundamental de modo a reduzir a quantidade de acidentes no trabalho.

Em números, estima-se que 21.467 de trabalhadores sofreram acidentes fatais no Brasil entre 2012 e 2020, conforme indicadores atualizados do Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, elaborado pelo Ministério Público do Trabalho e a Organização Internacional do Trabalho.

Essas estatísticas mostram a importância e necessidade de ter EPIs adequados, além da prevenção e o controle de uso.

Conte com fornecedores confiáveis!

Ao escolher o fornecedor de equipamentos de proteção individual mais adequado, é possível ter impacto positivo na saúde financeira da empresa compradora devido aos produtos de qualidade.

Nesse cenário, ter um fornecedor confiável, que ofereça equipamentos de qualidade, é primordial de modo a manter as equipes protegidas.

No momento de adquirir os equipamentos, é preciso pensar na necessidade do funcionário, inclusive o uso de diferentes EPIs que devem ser compatíveis uns com os outros. Assim, os profissionais conseguem realizar:

  • instalação dos equipamentos;
  • manutenção preventiva e corretiva;
  • montagem de equipamentos eletrônicos, de automação e elétricos.

Para isso, você pode contar com a Danny EPI, que tem a missão de manter seus  profissionais seguros com equipamentos de qualidade e excelência.

Quer saber mais sobre os EPIs corretos para proteção da sua equipe em eletroeletrônico? Então, acesse o catálogo de produtos da Danny EPI e conheça as diferentes soluções para esse segmento!

EPIs para o segmento eletroeletrônico: veja como proteger sua equipe

Categorias